CBDictionary

CBG

O cannabigerol (CBG, para abreviar) é um canabinóide precursor produzido em primeiro lugar na planta da canábis. O cannabigerol é responsável, previamente, pela formação do CBD, bem como do THC de efeitos psicóticos. Contudo, a maioria das variedades de cânhamo contém uma concentração muito baixa de CBG (<1 %).

O CBG é um fitocanabinóide – uma tal molécula não pode ser produzida no corpo humano, ao contrário dos endocanabinóides. Tal como o CBD, o cannabigerol é um canabinóide não intoxicante, por isso não o deixa em estado de psicose (“pedrado”).

Ao contrário do CBD, o canabigerol ainda não desempenhou um grande papel, em virtude de não ter sido dada muita atenção a este composto, devido à sua baixa concentração. Os investigadores da Universidade de Reading descobriram em dois estudos com ratos que os efeitos do CBG aumentam o apetite.

Outros estudos sugerem que o CBG pode inibir o crescimento de alguns tipos de tumores. Tal como com o CBD, um ensaio conduzido pelo Departamento de Farmácia da Universidade de Nápoles pesquisou os efeitos do CBG nos distúrbios intestinais. Foi descoberto que o CBG tem propriedades anti-inflamatórias semelhantes às do CBD.

O efeito do CBG na neurotransmissão GABA no cérebro também pode inibir a dor. Assim, o CBG poderá funcionar em alguns casos de forma semelhante ao conhecido CBD. No entanto, ao contrário do cannabidiol, a investigação sobre o CBG está ainda na sua fase inicial.

0